domingo, 6 de setembro de 2009

Aniversário

Outro dia foi aniversário da minha empregada. Ela me avisou na véspera. Talvez por que tenha começado trabalhar na minha casa faz pouco tempo e ainda não se sinta à vontade para falar de suas datas especiais.
Voltei correndo do trabalho e comprei uma torta e umas poucas guloseimas. Não gosto de que os aniversários na minha casa passem em branco. Não que precisem ter uma festa, que seja um acontecimento social. Mas que seja um dia feliz, um dia alegre, com uma comemoração sincera, amiga. E que haja um doce, para contribuir com os doces momentos da nossa memória.
Trouxe então o bolo para casa. Estávamos só eu e meus filhos. Coloquei o bolo com os doces na mesa, enquanto ela estava no quarto dela. Peguei uma vela do Bob Esponja, uma figura alegre, divertida. Acendi a vela e a chamei.
Nossa! Ela ficou tão contente. Disse que desde os onze anos nunca mais tinham cantado parabéns para ela desse jeito com bolo e etc.
A gente não imagina que coisas assim acontecem com pessoas que estão tão perto de nós.
Fiquei comovida. E acho que ela realmente gostou.

2 comentários:

Livinha disse...

Louies,
Realmente não sabemos o que se passa com as pessoas ao nosso redor por isso é sempre bom ouvir e fazer sorrir.
Beijo.
www.textosdalivia.blogspot.com

generalmatrix44 disse...

E EU NÃO PUDE COMER NENHUM PEDAÇO!

Ocorreu um erro neste gadget