sábado, 17 de julho de 2010

Treinamento

Muitas patroas comentam comigo que estão procurando cursos para investir no treinamento de suas empregadas. Eu adimiro muito quem tem paciência de preparar seu cardápio semanal, ou mensal, quem consegue fazer um planejamento das compras do supermercado em função do cardápio. Só que ainda não conheci ninguém que me dissesse que faz isso satisfatoriamente numa família com filhos e que trabalhe fora o dia todo, ou que tenha diversas ocupações.

O site OZ, que fala sobre organização familiar (doméstica), dá umas dicas para treinar a sua empregada. Uma delas é você identificar tudo o que tem em casa para que ela guarde tudo no lugar, criar lista de tarefas e rotinas. Não coloco etiquetas (confesso que já fiz isso),  mas listas e criar rotinas eu faço.

A logística da casa fica, geralmente, na mão da patroa. Uma logística sensível a várias "intempéries". Uma delas é a falta de "comunicação". O que você fala, não é compreendido. Eu me irrito profundamente quando vejo que tudo o que deixei escrito para fazer, antes de sair para o meu trabalho, a empregada fez tudo diferente (para não dizer errado). Não dá para ficar ligando para casa e ficar conferindo o que ela está fazendo, se está fazendo como pedi. É filho que perde o horário da aula extra, ou não foi para onde tinha que ir, é um saco!


É um acúmulo de tarefas, de gerenciamento, que temos que administrar. E o treinamento que  falo, vai além disso. É a qualidade de serviço.

O que acaba existindo é essa necessidade de "terceirizar" não o planejamento doméstico, mas sim de quem possa dar informações à elas para que melhorem a qualidade dos serviços que nos prestam. Já ouvi dizer que quem tem que treinar é a patroa para poder ensinar às empregadas. Será? Taí.... podemos discutir isso?

Estou colocando o link para o vídeo da Escola para Empregadas Domésticas Beth Soares, quem sabe alguma de vocês, patroas, não se animam a investir em algo parecido aqui no Rio. Procura tem!

Escola Beth Soares


Bjs,

terça-feira, 13 de julho de 2010

Nova Seção no Blog

Patroas amigas,  ando às voltas com a providência (quase divina) de conseguir uma substituta para a minha empregada durante as férias dela. Eu não tenho essa facilidade de conseguir alguém, já tive, em outros tempos em que tinha mais vizinhas amigas. Mas hoje em dia, está muito difícil.

E ficar sem ninguém em casa é muito complicado. Tem que ter disposição, e muita! Além de ter que pedir muito a colaboração da família nos afazeres domésticos, estar em casa vira uma "via crucis".

Fazer meditaçao, rezar, para não ficar completamente irritada e estressada...enfim...contar com toda a ajuda possível, se realmente eu não conseguir a substituta. Já posterguei as férias dela, mas está chegando a um ponto que vai acumular e, sinceramente, não quero isso.

Agora, um outro assunto, que é o título do post. Incluí ao lado uma "caixinha" para quem quiser sugerir um assunto, ou comentar algo, que não esteja nos posts.

A caixa está aberta, vamos ver o que sai dela.

Aguardo vocês.

Bjs
Ocorreu um erro neste gadget